quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Microsoft lança atualização que desabilita correção da Intel no Windows

A Microsoft liberou uma atualização de emergência para o Windows para desativar as correções da falha Spectre feitas pela Intel, seguindo uma orientação da própria fabricante de processadores.
Na semana passada, a Intel reconheceu que o update preparado para tentar corrigir o erro que atinge processadores feitos nos últimos 20 anos causava ainda mais problemas aos usuários. Máquinas com processadores Intel começaram a reinicializar automaticamente depois da correção, e a empresa disse que a atualização poderia até corromper dados.
Na ocasião, a Intel pediu para fabricantes de PC e consumidores pararem de instalar a atualização até que os problemas fossem solucionados. A Microsoft decidiu agir por conta própria e soltou um patch para Windows 7, Windows 8.1 e Windows 10 que desativa a proteção contra a variante 2 do Spectre.
A nova atualização, que por enquanto precisa ser baixada e instalada manualmente, elimina os problemas de reinicialização das máquinas com processadores Intel.
A falha Spectre é um dos bugs revelados no começo do ano que atingem quase todos os processadores feitos nos últimos anos. As atualizações preparadas para corrigir a falha, até o momento, só causaram mais transtornos aos usuários, o que fez Linus Torvalds, o criador do Linux, chamar o patch da Intel de "lixo completo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário